Imposto de Renda: veja as regras de obrigatoriedade

Compartilhe com Amigos

O período mais esperado do ano chegou!!

 

E agora neste ano de 2021 temos uma novidade…

Quem recebeu auxílio emergencial e obteve rendimentos tributáveis acima de R$22.847,76 precisa fazer a declaração de imposto de renda para devolver o valor recebido do auxílio emergencial.

 

Se você tem dúvidas e precisa declarar, veja as regras de obrigatoriedade:

 

  1. Recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70
  2. Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40.000,00
  3. Quem possui o total de Bens acima de R$ 300.000,00
  4. Renda de Atividade Rural acima de R$ 142.798,00 ou pretenda compensar, no ano-calendário de 2020 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2020
  5. Realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas, de qualquer valor
  6. Passou a condição de residente no Brasil
  7. Ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais

 

Mais de 30 milhões de contribuintes deverão prestar contas junto ao Fisco.

 

Quem não precisa fazer a declaração?

Quem não se enquadrar em nenhum dos requisitos acima não precisam prestar contas junto à Receita Federal.

certificado-digital

 

Também está dispensada de apresentar a declaração a pessoa que constar em declaração de outra pessoa física. É o caso dos filhos que estão incluídos como dependentes dos pais, por exemplo.

 

Não sou obrigado, mesmo assim posso declarar IR?

Sim. Quem não se enquadrar em nenhuma dos casos de obrigatoriedade está automaticamente dispensado de apresentar a Declaração de Imposto de Renda, mas pode fazê-la, se desejar.

Neste caso, mesmo que a pessoa entregue fora do prazo, não haverá multa, justamente porque não estava obrigada a cumprir a exigência da entrega.

Se ainda tem dúvidas, ou esta com dificuldades para fazer sua declaração

entre em contato.

Compartilhe com Amigos