Planejamento tributário: luxo ou necessidade para sua empresa

Compartilhe com Amigos

Planejamento Tributário ou Fiscal é uma forma legal de minimizar os gastos com o Pagamento dos Impostos.

 

Feito de forma correta, chamamos de “Elisão Fiscal”, na qual adequamos a empresa a um formato mais vantajoso, sem cometer a famosa “sonegação”.

 

Assim como um empresário faz o controle do estoque, planejamento das vendas, gerencia dos recursos humanos e das demais áreas, deverá também se atentar ao cumprimento das obrigações fiscais, desde a emissão de nota fiscal, adequação do produto quanto ncm, alíquotas, e outras muitas informações necessárias.

 

Quais são os impactos do planejamento tributário nas empresas?

 

certificado-digital

Com o fenômeno da globalização e a vida com o novo normal pós-pandemia, a economia tornou-se um fator primordial em todas as organizações empresariais. O conhecimento e a administração dos benefícios tributários e fiscais na atualidade são considerados indispensáveis para o sucesso, pois é possível reduzir bastante os gastos com as obrigações tributárias.

 

Saiba que, dependendo da forma jurídica que você adotar para a sua instituição, pode-se conseguir muito além da redução dos impostos, taxas e contribuições. Existem incentivos fiscais para algumas categorias específicas que permitem, inclusive, a isenção fiscal!

 

Veja a baixo informações relevantes sobre os principais procedimentos a serem realizados.

 

Como é feito o planejamento tributário?

 

O primeiro passo para começar o planejamento tributário é analisar algumas informações a respeito de valores na sua empresa. Verifique qual é a receita bruta, quais são as margens de lucro, os gastos com custos fixos e variáveis mensais e anuais.

 

Quais são os tipos de tributos pagos pelas empresas?

 

Todas as obrigações fiscais, como por exemplo, pagamentos de impostos, contribuições e taxas, todos regulamentados pela Constituição Federal, Código Tributário Nacional, Leis Ordinárias e Complementares, Resoluções do Senado, leis estaduais e municipais.

 

Confira abaixo a relação dos tributos:

 

• Tributos Federais: Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Imposto de Importação (II), Programa Integração Social (PIS), Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS), FGTS.

• Tributos Estaduais: Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), Imposto sobre Transmissão “Causa Mortis” e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos (ITCMD).

• Tributos Municipais: Imposto sobre Serviços (ISS).

• Contribuições Previdenciárias: Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

 

Quais as vantagens do planejamento tributário?

 

Fazer o planejamento tributário de uma empresa traz muitos benefícios e vantagens aos empresários. Confira:

 

• Redução de impostos, de pagamento de taxas e de contribuições.

• Prevenção contra eventuais erros na área fiscal.

• Aumento da competitividade.

 

O Seu Regime Tributário atual está favorável ao crescimento de sua empresa? Já verificou com o seu contador se realmente vale a pena estar no “Simples Nacional? No Lucro Presumido? Ou No Lucro Real?”

 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre planejamento tributário e aprendeu que utilizar esse recurso na sua empresa é de extrema importância, prepare-se para aproveitar essa possibilidade. É possível contar com a prestação desse tipo de serviço, com a Contabilidade Votuporanga.

 

Opte sempre pela contratação de quem entende do assunto.

 

E então, percebeu que fazer o planejamento tributário é muito importante? Se você deseja aprimorar ainda mais seus conhecimentos entre em contato conosco.

Compartilhe com Amigos